Lar Mãe Maria

Hoje quero inaugurar a sessão de Terceiro Setor do blog, e não poderia deixar de começar falando da instituição que me levou pra esse mundo do voluntariado, e que ainda hoje é tão presente na minha vida: o Lar Mãe Maria.

Conhecemos o lar através do convite de uma amiga, que nos chamou para um café da manhã com as crianças abrigadas em 2013. Quem estava organizando o café era um grupo de jovens da igreja dela. Nós topamos de imediato, e, a partir daí, foi amor à primeira vista. rs. Chegamos no lar naquele domingo de manhã sem esperar muita coisa, e eu, especificamente, que nunca tinha tido experiência em casas-lares ou outro tipo de serviço voluntário em instituições formais, fiquei encantada de imediato.

Como acontece até hoje, as crianças foram suuuuper receptivas, e nos encheram de amor do início ao fim. Uma das coisas que mais amo no serviço voluntário é que você sempre faz achando que vai ajudar alguém, mas quem recebe muito mais é você mesmo!

Desde 2013, nossas visitas ao lar se tornaram frequentes, e nós já realizamos diversas atividades recreativas com as crianças: cafés da manhã, oficina de cupcake, dia de princesa, visita ao circo e até festa de debutante!

        

O Lar Mãe Maria existe desde 2002, é administrado pelas Irmãs Beneditinas da  Divina Providência, e fica em Borda do Campo, São José dos Pinhais. Lá são abrigadas crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social, que foram retiradas de sua família por alguma situação complicada, e aguardam, ou a colocação em nova família através da adoção, ou restituição familiar assim que o problema causador do dano for resolvido. Enquanto isso não acontece, elas são cuidadas pelas mães sociais da casa-lar, que tentam dar a maior atenção e cuidado possível.

A manutenção do lar é feita através de uma verba recebida pela prefeitura, e também, através da ajuda de empresas privadas e voluntários, visto que os gastos para manutenção e bom desenvolvimento das atividades são elevados. Outra forma de captação de recursos são os brechós realizados no lar, uma vez ao mês. As doações de roupas recebidas passam por uma triagem e, o que estiver em bom estado, é colocado à venda por um preço simbólico que contribuirá no custo das despesas. O lar também realiza, periodicamente, eventos comemorativos abertos ao público para captação de recursos e envolvimento com a comunidade.

O lar também possui um programa de apadrinhamento afetivo, para criação de vínculos familiares nas crianças e adolescentes com mais de 10 anos que estão disponíveis para adoção ou em processo de destituição familiar. Falaremos sobre isso em um post futuro! 😉

Mesmo com a ótima infraestrutura do lar e atenção dispensada pelas mães sociais, as crianças são muito carentes de carinho e afeto e, por isso, o lar é muito receptivo com voluntários que visitam a instituição para realização de atividades com as crianças. Nossa sugestão através desse post é que você, se achar que tem perfil para esse tipo de trabalho voluntário, agende uma visita diretamente com o lar, ou entre em contato conosco que nós fazemos a ponte pra você, e te levamos para conhecer a instituição em um dos nossos cafés da manhã.

E se você acha que precisa ter alguma super habilidade para começar o trabalho no lar, nós afirmamos que não é necessário e te encorajamos a começar! É claro que desenvolver alguma atividade específica é ótimo para as crianças abrigadas, mas, na maioria das vezes, o que elas mais precisam é do seu tempo, carinho e atenção. Passar, uma manhã que seja, brincando, conversando e interagindo com elas faz toda diferença no dia-a-dia delas, e tenho certeza que fará no seu também!

  

Lar Mãe Maria

Avenida dos Bosques, 2300 – Bairro Borda do Campo

83.075-180 – São José dos Pinhais – Paraná – Brasil

Fone: (41) 3384-4529 / Fax: (41) 3384-4529

E-mail: irnarcisa@yahoo.com.br

Beijos, e até a próxima!

Amanda e Gian.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos no Facebook

Subtitle